Culinária japonesa: renda-se e emagreça!

Até pouco tempo atrás eu não tinha coragem de comer peixe cru, mas depois que provei, me rendi à culinária japonesa, tanto pelo sabor como pelos benefícios que a comida oriental proporciona ao organismo.

São vários tipos de combinações e, claro, para quem está controlando as calorias, nem tudo é bem vindo, mas a leveza da comida crua dá uma força extra para a perda de peso –  basta saber escolher entre as inúmeras opções oferecidas nos restaurantes japoneses.

Para quem não conhece os ingredientes da culinária japonesa, é importante saber que o arroz utilizado no sushi (aquele enroladinho com arroz e recheio), no niguiri (arroz com uma fatia de peixe por cima) e no temaki (cone recheado com arroz e acompanhamentos) é temperado com vinagre e açúcar, então não deve ser consumido em excesso por quem está querendo perder peso ou tem diabetes, por exemplo.

Também existem alguns tipos de sushi que são preparados com doces e alguns são fritos. Apesar de também serem deliciosos, estes não são uma opção saudável para quem está controlando as calorias da refeição. Por isso, procure escolher aqueles que são preparados com ingredientes naturais e pouco calóricos (são inúmeras opções). :wink:

Já o sashimi (filé de peixe cru fatiado), além de muito saboroso é também super  saudável, pois contém apenas o peixe fresco, rico em proteínas e ômega  3. Mas como geralmente é consumido acompanhado do molho shoyu, é bom tomar cuidado com a quantidade de sódio – prefira sempre a versão light.

sashimi

Uma grande vantagem da comida japonesa é o uso de gengibre para acompanhamento dos pratos, que é um alimento termogênico e auxilia na queima de gordura no organismo – assim como o wasabi (raiz forte), que é um potente anti-inflamatório e o nabo, que é desintoxicante.

O pepino, que é largamente utilizado na culinária oriental, é um aliado poderoso no emagrecimento saudável porque tem baixíssimas calorias e evita o inchaço, além de proporcionar inúmeros benefícios ao organismo.

Gengibre e wasabi

As algas escuras (nori) utilizadas para o preparo de quase todos os sushis e temakis também são muito saudáveis, ricas em fibras, proteínas e vitaminas.

Quem nunca provou e está disposto a experimentar, aconselho que escolha um bom restaurante para ter certeza de que o peixe é fresco, evitando maiores problemas com contaminação por bactérias.

Estes foram apenas alguns exemplos de alimentos que fazem parte da cozinha japonesa e que podem contribuir para o emagrecimento saudável, se consumidos com moderação. Se você nunca experimentou, dê uma chance para estas delícias e tire suas conclusões.

Fica a dica!

*Obs.: os pratos das fotos são do restaurante Sushiaki.

8 comentários sobre “Culinária japonesa: renda-se e emagreça!

  1. Eu amoooo!
    Eu sempre faço aqui em casa.
    Meu marido provou pela primeira vez no México e lá eles não sabem preparar bem. E um dia eu disse:
    Quando a gente for para Curitiba vou te levar no Taisho e você vai aprender a gostar. Hoje não vive sem…rs!
    Beijos!

  2. Eu amo comida japonesa, e quando como não fico com peso na consciência pq sei de seus benefícios e que tem baixo teor calórico, e sempre evito os fritos, até pq não gosto do gosto da fritura!!

    Bjo

Deixe um comentário

:alien: :angel: :angry: :blink: :blush: :cheerful: :cool: :cwy: :devil: :dizzy: :ermm: :face: :getlost: :biggrin: :happy: :heart: :kissing: :lol: :ninja: :pinch: :pouty: :sad: :shocked: :sick: :sideways: :silly: :sleeping: :smile: :tongue: :unsure: :w00t: :wassat: :whistle: :wink: :wub:

Simple Share Buttons